Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

09/08/2016 às 15:15

Acessos triplicam e refletem migração acelerada do 3G para o 4G

Escrito por: Luís Osvaldo Grossmann
Fonte: Convergência Digital

A telefonia móvel no Brasil está em um processo de ajuste agudo, com 29 milhões a menos de chips ativos desde maio de 2015, mas o mesmo período viu o 4G disparar. Se não chega a compensar o tombo, reflete acelerada migração para a tecnologia mais moderna. Em 12 meses, foram 25 milhões de novos acessos, chegando a 37,4 milhões – alta de 215%. 
 
O salto é considerável diante dos pouco mais de 11 milhões de acessos em 4G 12 meses antes. Mas também é praticamente o mesmo número de acessos (26 milhões) que saíram do 3G no mesmo período – sendo o total em maio 135,8 milhões. 
 
Enquanto isso, a banda larga fixa chegou a 26 milhões de acessos em maio, o que representou um crescimento de 5% sobre maio do ano passado. Na prática, é o único dos principais serviços de telecomunicações (SCM, SMP, Seac e STFC) que ainda cresce. 
 
Segundo ressalta o Telebrasil, os preços ajudaram. “Enquanto o número de acessos cresce, o preço dos serviços vem caindo. Segundo relatório da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), o preço da banda larga fixa no Brasil caiu 71% nos últimos cinco anos. De acordo com o levantamento do órgão regulador, o valor médio mensal de 1 Mbps passou de R$ 21,18 em 2010 para R$ 5,98 em 2015”.