Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

11/10/2016 às 17:28

Adolescentes aposentam PCs e notes e elegem smartphones e TV para acessarem à Internet

Escrito por: Redação
Fonte: Convergência Digital

Duas a cada três crianças e adolescentes brasileiros com acesso à internet que se conectam à internet mais de uma vez por dia, aponta a pesquisa “TIC Kids Online”, divulgada nesta segunda-feira, 10/10, pelo Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br).
 
Isso quer dizer que triplicou a proporção de brasileiros com idade entre 9 e 17 anos que acessam a internet várias vezes ao dia, já que, em 2014, esse percentual era de 21%. A pesquisa ouviu pessoas nessa faixa etária entre novembro de 2015 e junho de 2016. "O uso da internet por essa faixa etária tem se intensicado", afirmou Maria Eugênia Sozio, pesquisadora do Cetic.br.
 
Além dos usuários diários, o Cetic.br constatou que a fatia de internautas entre crianças e adolescentes também cresceu. Passou a ser de 80%. Os smartphones se consolidaram ainda mais como o aparelho preferido entre crianças e adolescentes. Era usado por 83% dos jovens internautas em 2015 –esse índice era de 82% no ano anterior. 
 
O levantamento revela que para 31% das pessoas online nessa faixa de idade, os celulares são o único dispositivo para acessar a internet. Além dos smartphones, o outro eletrônico a ganhar adeptos foi a TV, que passou a ser usada por 9% no ano passado. Todos os outros aparelhos perderam apelo entre crianças e adolescentes.
 
Percentualmente, os computadores de mesa foram os aparelhos que mais foram deixados de lado. Se em 2014, a proporção de jovens internautas que os utilizava era de 56%, em 2015, passou a 38%. Nesse ano, a fatia de usuários de notebooks caiu para 33%, a de tablets, para 21%, e a de videogames, para 10%.
 
A pesquisa “TIC Kids Online” também analisou o que os jovens fazem quando estão conectados. Fazer buscar na internet para trabalhos escolares é o hábito mais recorrente para 84% do público feminino, seguido por redes sociais (78%) e mensagens instantâneas (77%). Já baixar aplicativos é a atividade mais popular para 80% da ala masculina, seguida do uso de redes sociais e do envio de mensagens instantâneas (78%).