Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

21/09/2012 às 00:10

Alguns países defendem que TICs virem serviços de telecom

Escrito por: Redação
Fonte: Tele Síntese

Esta é uma das proposta a ser discutida na Conferência da UIT.

Não só a neutralidade da rede promete esquentar os debates da Conferência da União Internacional de Telecomunicações (UIT) que será realizada no próximo dezembro. Algunas países irão apresentar a proposta (que não conta com o apoio do Brasil) de incluir as TICs (tecnologia de informação e comunicação) como um serviço de telecomunicações.

Para isto, defendem esses países, basta ampliar a definição do que é serviço de telecom, passando a ser "qualquer transmissão, emissão ou recepção, incluindo o processamento, de sinais, escrita, imagens ou sons".

Oferta no atacado

A reunião da Citel aprovou também uma proposta para a oferta no atacado, que foi questionada hoje por representantes brasileiros de operadoras de telecomunicações em reunião da Anatel.

Pela proposta, as empresas ficam livre de negociar os preços da rede no atacado, mas devem perseguir o princípio do custo da rede.

Para o representante da Telefónica, o texto aprovado fere as diretrizes e a condução estabelecida pela Anatel, que só interefere na oferta do atacado quando não há acordo entre as operadoras.

O Brasil terá que fechar a sua posição final até o dia 3 de outubro e até 3 de novembro enviar suas propostas para a UIT.