Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

24/04/2014 às 06:31

Amazon reforça batalha contra Netflix

Escrito por: Redação
Fonte: Valor Econômico - Online

A Amazon aumentou sua aposta na batalha com a Netflix pela supremacia pela transmissão de vídeo on-line ("streaming"), ao firmar um acordo com a HBO que lhe dará acesso a alguns dos mais bem-sucedidos programas do canal de TV por assinatura, incluindo "The Sopranos", "Six Feet Under" e "The Wire".

A programação estará disponível no serviço Prime Instant Video da Amazon. A Netflix, que nesta semana disse estar com quase 50 milhões de assinantes no mundo, lidera o mercado de transmissão de vídeo, mas a Amazon vem investindo muito em programação original e conteúdo de acervo para atrair telespectadores.

A HBO produz alguns dos programas mais vistos no mundo, com sucessos como "Game of Thrones" e "True Detective". Ao longo dos anos, a HBO vem tendo uma relação desconfortável com a Netflix: Jeff Bewkes, executivo-chefe da Time Warner, a controladora da HBO, certa vez se referiu à Netflix como "o exército albaniano", ou seja, muito pequeno para representar um risco de domínio.

A Netflix também acumulou um enorme acervo de conteúdo, firmando um acordo exclusivo com a Walt Disney, e avançou sobre o terreno da HBO com seu catálogo de programação original, recebendo elogios por programas como "House of Cards".

A programação da HBO está visivelmente ausente do serviço da Netflix. Além disso, seu acordo com a Amazon é o primeiro com um grupo de transmissão on-line.

Ontem, as ações da Netflix caíram 5,3% em resposta ao acordo Amazon-HBO. As duas empresas não quiseram falar sobre o valor do negócio. Mas haverá investimentos em programação nova da HBO e no HBO Go, disponível apenas para os assinantes da HBO.

"Enquanto donos de nossa própria programação, sempre tentamos capitalizar esse investimento", disse Glenn Whitehead, vice-presidente-executivo de negócios e assuntos legais da HBO.

Como parte do negócio, o serviço HBO Go será incluído na Fire TV, o novo console de "streaming" da Amazon que vai concorrer com dispositivos como o Apple TV, quando for lançado neste ano.

O acordo HBO-Amazon é um sinal de que a sala de estar é o novo campo de batalha dos grupos de tecnologia e provedores de conteúdo. O Google e a Apple lançaram dispositivos que permitem o "streaming" de conteúdo em aparelhos de TV, enquanto provedores como a Netflix abalaram os padrões normais de se assistir TV com serviços de assinatura que permitem aos telespectadores escolher a hora de ver os programas.

Nesta semana, a Netflix trocou críticas com a Comcast, a empresa de TV a cabo que espera adquirir a Time Warner Cable em um negócio de US$ 40 bilhões, pedindo às autoridades reguladoras que proíbam o negócio por configurar monopólio. A Comcast respondeu via comunicado que a oposição da Netflix se baseia em "alegações e argumentos incorretos". (Tradução de Mario Zamarian)

Por Matthew Garrahan | Financial Times, de Los Angeles