Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

13/07/2015 às 16:34

Ancine divulga resultado do programa Brasil de Todas as Telas

Escrito por: Redação
Fonte: Portal Vermelho

Na última quinta-feira (9), a Agência Nacional do Cinema (Ancine) divulgou o resultado final da Chamada Pública do Programa Brasil de Todas as Telas (Prodav 06/2013-2014)

Linha entrou em operação em julho de 2014, disponibilizando recurso a empresas produtoras e distribuidoras brasileiras independentesLinha entrou em operação em julho de 2014, disponibilizando recurso a empresas produtoras e distribuidoras brasileiras independentes A linha de financiamento entrou em operação em julho de 2014, disponibilizando R$ 70 milhões a empresas produtoras, distribuidoras e programadoras brasileiras independentes. Os recursos recebidos deverão ser investidos na produção de novos conteúdos brasileiros para cinema e televisão.
 
Produção e distribuição
 
O Suporte Automático do Programa Brasil de Todas as Telas foi dividido em três módulos (produção, distribuição e programação). No módulo de distribuição, no qual os titulares das contas automáticas são distribuidoras brasileiras que atuem no mercado de salas de exibição, R$ 20 milhões serão compartilhados entre três empresas.
 
A Downtown e a Paris Filmes, principais distribuidoras de filmes nacionais, receberão, respectivamente, R$ 9,1 milhões e R$ 8,5 milhões. As duas empresas foram responsáveis por 59% de toda a renda dos títulos nacionais exibidos no País em 2014, de acordo com o Informe de Acompanhamento de Mercado do Observatório do Cinema e do Audiovisual da Ancine.
 
A terceira distribuidora contemplada foi a Vitrine Filmes. Responsável pelo lançamento de títulos como Hoje eu quero voltar sozinho, de Daniel Ribeiro, e O som ao redor, de Kleber Mendonça Filho, a produtora ficará com R$ 2,2 milhões.
 
No módulo produção, em que os titulares são produtoras brasileiras independentes, 22 empresas vão dividir R$ 35 milhões. Responsável pelos sucessos de bilheteria De pernas pro ar e De pernas pro ar 2, de Roberto Santucci, a Morena Filmes receberá R$ 5,7 milhões. Já a Migdal Filmes, que levou aos cinemas obras como Minha mãe é uma peça, de André Pellenz, filme brasileiro mais visto em 2013, e à tela da TV séries como As canalhas, exibida pelo canal GNT, fará jus a R$ 5,1 milhões. Em terceiro lugar, recebendo R$ 4,6 milhões, ficou a Conspiração Filmes.
 
Já pelo módulo de programação, criado para premiar as programadoras brasileiras de canais de televisão que mais investem na exibição de conteúdo nacional, quatro empresas receberão R$ 15 milhões em recursos.
 
A maior pontuação ficou com a Conceito A em Audiovisual, responsável pelo canal Cinebrasil TV, que irá receber R$ 7, 1 milhões, seguida pela Synapse Programadora de Canais, responsável pelo Canal Curta!, com R$ 5,4 milhões. Também foram contempladas as programadoras Newco Programadora e Produtora de Comunicação (canal Arte 1), com R$ 2,3 milhões, e PBI-Programadora Brasileira Independente (canal Fashion TV Brasil), com R$ 69 mil.
 
Confira aqui os contemplados na Chamada Pública Prodav 06/2013-2014 - Sistema de Suporte Financeiro Automático. 
 
Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério da Cultura