Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

10/05/2016 às 15:09

Após apoio a humorista, Erdogan move ação contra presidente de conglomerado de mídia

Escrito por: Redação
Fonte: Portal Imprensa

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, fez um pedido de medida preventiva contra o presidente do conselho administrativo do conglomerado de mídia alemão Axel Springer, Mathias Döpfner, após o jornalista repetir o polêmico poema satírico ao líder, recitado pelo humorista Jan Böhmermann.
 
Segundo a Deutsche Welle, a informação foi anunciada na última segunda-feira (9/5), pelo advogado do presidente, Ralf Höcker. Como o tribunal indicou que não deve acatar o pedido, ele aconselhará Erdogan a encaminhar a decisão para instâncias superiores.
 
Mathias Döpfner havia apoiado o humorista em uma carta aberta publicada no jornal alemão Welt am Sonntag. "Acho o poema bem-sucedido. Ri alto com ele. Gostaria prudentemente de me juntar totalmente ao senhor Böhmermann em todas as formulações e conteúdo vexatório, e perfilá-las a mim em toda forma jurídica", afirmou.
 
No poema, o humorista chama o presidente turco, entre outras coisas, de "fodedor de cabras", "presidente de pau pequeno" e "viado". Também diz que ele reprime minorias e maltrata curdos e cristãos.
 
O grupo Axel Springer ainda não se pronunciou sobre o anúncio do advogado. Uma porta-voz declarou que a empresa não foi informada sobre a decisão. "Para nós, a situação permanece a mesma", ponderou.
 
Apesar da negativa no caso do jornalista, o tribunal aceitou o pedido do líder de medida preventiva contra o diretor alemão Uwe Boll, que criou um vídeo inspirado no poema. Ele foi proibido de repetir as acusações contra Erdogan no YouTube. Caso descumpra a medida, a multa é de 250 mil euros.