Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

24/10/2013 às 17:02

Após confusão com preço elevado, Sony pode fabricar o PS4 no Brasil

Escrito por: Redação
Fonte: Correio Braziliense Online

A própria Sony não espera vender muitas unidades do PlayStation 4 no país a esse preço, acreditando que o fato não vai ajudar a marca nem aos gamers

Os cálculos da Sony para justificar o elevado preço do PlayStation 4 (R$ 4 mil) têm sido amplamente questionados por especialistas em tributos, mesmo reconhecendo-se que os impostos no Brasil realmente pesam na hora de se definir o preço de um lançamento por aqui. Segundo a Sony, R$ 858, ou 21,5% do preço do PlayStation 4, refere-se ao valor de transferência do console, ou seja, o custo que a empresa tem para produzir cada unidade importada. E informa que R$ 2.524, ou 63% do valor final do produto, são impostos cobrados, como IPI, Imposto de Importação, PIS e Cofins. A tais valores são ainda somadas a margem do varejista e a do distribuidor, que no caso é a Sony Brasil, num total de 22%.

A própria Sony não espera vender muitas unidades do PS4 no Brasil a esse preço, acreditando que o fato não vai ajudar a marca PlayStation nem aos gamers. E afirma que a prioridade é partir para fabricação do console no Brasil, como já ocorre com o PlayStation 3, o que poderia reduzir em 50% o preço final do aparelho, levando-o à casa de R$ 2 mil. A produção do PS3 aqui começou em maio mas não há previsão para o PS4. É importante ressaltar que quando a Sony anunciou que o PS 3 seria fabricado no país o preço passou a R$ 1,1 mil, enquanto a versão importada custava R$ 1,4 mil. Não chegou a ser os 50% estimados pela empresa, mas o preço apresentou uma queda real.

A Sony revela números, os tributaristas rebatem, mas no meio dessas informações o que acham os gamers? Cleidson Lima, que além de gamemaníaco é colecionador de consoles, já tendo mais de 200 modelos em seu acervo que reúne verdadeiras raridades, revela que toda a comunidade se frustrou com o anúncio da gigante japonesa. Para ele, pela primeira vez a Sony vai se dar mal no país diante da concorrência.

O colecionador de consoles Cleidson Lima (na foto, com um Odyssey e um Telejogo) acha que a estratégia da empresa japonesa, que produz o PS4, não se justifica
"Não dá para entender essa estratégia da Sony. O Xbox One, da Microsoft, que é o concorrente direto do PS4, foi lançado este ano nos Estados Unidos por US$ 499, enquanto o console japonês foi apresentado por US$ 399. O Xbox chegou aqui importado, já com o acessório Knect, por R$ 2,2 mil, ou seja, por quase a metade do PS4. Pela lógica, e pelo que todo mundo esperava, era para o PS4 ser lançado no país por entre R$ 2,2 mil e R$ 2,5 mil", diz ele.