Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

03/06/2013 às 16:12

Apps facilitam aprendizagem de novos idiomas

Escrito por: NATASHA BAKER DA REUTERS
Fonte: Folha Online

Novos aplicativos querem facilitar viagens para países estrangeiros, adicionando ferramentas de tradução aos bolsos dos turistas. É o que disseram os fabricantes de dispositivos móveis nesta segunda-feira (3).

Um pacote de apps gratuitos para iOS da empresa de idiomas Rosetta Stone disponibiliza exercícios que ensinam o básico de outras línguas, além de frases comuns usadas em francês, espanhol, alemão e italiano.

'O que demorava anos hoje leva horas', diz professor que quer traduzir a web inteira
As atividades nos programas da linha Rosetta Stone Navigator usam reconhecimento de voz para verificar se as palavras estão sendo repetidas corretamente pelos usuários.

"É preciso falar --não apenas ler e refletir", disse Jonathan Mudd, diretor-sênior de comunicações globais da Rosetta Stone, que tem sede em Virginia. "Quando você supera o obstáculo de ouvir a si mesmo dizendo palavras em outros idiomas --e escorregando nelas-- você fica confortável muito mais rápido", complementou.

Já o aplicativo Duolingo, para Android e iPhones, transforma o aprendizado de uma nova língua em um jogo. Os idiomas podem ser quebrados em diferentes componentes, como tempos verbais e substantivos. Quando um usuário aperfeiçoa uma habilidade pode desbloquear novos níveis.

Reprodução

Imagem do vídeo de apresentação do site "Duolingo", cuja ideia é ensinar idiomas por meio da tradução de textos
Outros aplicativos de idiomas, como o Google Translate e o Vocre, para iPhone e Android, usam as tecnologia de reconhecimento de voz e de tradução para transpor o discurso para outra língua. Depois de falar uma frase, os apps a convertem para uma dezena de outros idiomas.

Um aplicativo chamado Verbalizeit, para iPhone e Android, usa um método diferente. Ele conecta tradutores de todo o mundo a pessoas que têm dificuldades com novos idiomas.

Os usuários escolhem a língua que querem traduzida e, então, são conectados a uma pessoa no outro lado do telefone. O app é gratuito, mas o custo do serviço vai de US$ 1 a US$ 2 por minuto.

"A ligação do consumidor passa por nosso call center virtual e é direcionada para o tradutor mais próximo disponível", disse Ryan Frankel, chefe-executivo da Verbalizeit, sediada em Nova York. A companhia diz que mais de 8.500 tradutores, que foram aprovados em exames de proficiência, trabalham para ela.

Ele adicionou que pode ainda levar um tempo para que aplicativos possam traduzir precisamente o discurso de uma língua para outra.

"Acho que a maior barreira nesse caso --e essa é a razão por que você sempre precisa de humanos-- é a dificuldade em compreender o contexto local, o dialeto, o sarcasmo e a emoção. Existem muitas coisas que uma máquina não pode fazer", afirmou Frankel.

Tradução de ANDERSON LEONARDO