Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

11/04/2006 às 08:41

Caetano abre festival em Londres

Escrito por: Redação
Fonte: O Globo

Num show com uma divisão bastante justa entre brasileiros e estrangeiros, Caetano Veloso iniciou na noite de domingo o desfile de atrações musicais que promete ser a grande atração de “Tropicalia: A Revolution in Brazilian Culture”, festival promovido pelo Barbican, um dos principais centros culturais da Europa. Cantando para uma platéia de duas mil pessoas, Caetano revisitou várias músicas que há muito tempo não faziam parte de seu repertório, como “Enquanto seu lobo não vem”, número de abertura do show.

O cantor e compositor também homenageou o brasileiro Jean Charles de Menezes, morto por engano pela polícia de Londres em julho do ano passado, ao dedicar a ele a apresentação de “London, London” — canção cuja letra menciona num trecho a suposta gentileza das autoridades de segurança locais. Caetano, que estava acompanhado do filho Moreno e da banda +2, também prestoutributo aos Beatles, com um versão de “For no one”.

— Os Beatles foram fundamentais para acabar com o preconceito em torno do rock and roll. Devemos a eles essa coisa de hoje todo o mundo dizer que conhece uma banda independente da Escócia etc. — disse Caetano, na véspera do show, durante uma palestra em que respondeu a perguntas sobre a história do movimento tropicalista.

No evento, por sinal, ele divertiu o público com uma série de comentários bem-humorados, como sobre sua prisão pela ditadura, em que falou dos contrastes entre sua reação e a de Gilberto Gil:

— Para mim, foi a depressão. Mas o Gil descobriu o lado espiritualista dele, começou a falar em discos voadores.

A programação de shows no Barbican será reativada no dia 28, quando Gal Costa pisará o palco e se apresentará pela primeira vez em 30 anos ao lado de dois velhos conhecidos — o guitarrista Lanny Gordin e o baterista Tutty Moreno. No Primeiro de Maio será a vez de Tom Zé, dois dias antes de Jorge Ben Jor. No dia 22, a tão esperada reunião dos irmãos Arnaldo Baptista e Sérgio Dias numa apresentação especial sob o nome dos Mutantes. Gilberto Gil, no dia 26, fecha o festival.