Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

03/06/2015 às 14:05

Cai o número de clientes de TV paga no país em abril

Escrito por: Miriam Aquino
Fonte: Tele.síntese

A Anatel publicou hoje [ontem],2, a base de clientes da TV por assinatura no país e, pela terceira vez na história do serviço, houve perda de clientes de um mês para o outro. Em abril, conforme a agência, eram 19,761 milhões de assinantes, contra 19,762 milhões de março deste ano. O segmento já apresenta sinais de desaquecimento há alguns meses

Três empresas tiveram perda de usuários de TV por assinatura no mês, não compensando o crescimento de base das demais operadoras. O grupo Telmex/America Móvil (que congrega Claro NET e Embratel) apresentou redução de clientes. Continua liderando com folga o mercado, mas perdeu 41,905 mil assinantes de um mês para o outro. Sua base, agora, é de 10,224 milhões de assinantes, contra 10,266 milhões de março. A Oi também perdeu 24,864 mil clientes, caindo para 1,207 milhão de assinantes. A terceira a perder mercado foi a Big Brasil (que atua no estado de São Paulo), que deixou sua base cair de 152,919 mil para 152,905 mil cientes.
 
Sky, Telefônica e GVT mantiveram crescimento. A Sky, segunda colocada do mercado, aumentou de 5,684 milhões para 5,723 milhões de clientes. A Telefônica cresceu a base de 790,238 mil  para 798,743 mil e a GVT, de 939,558 mil para 958,939 mil.  A tecnologia DTH lidera com folga, embora tenha apresentado a maior queda. Em abril, tinha base de 11,971 milhões contra 12 milhões de março.
 
Esta pequena redução em relação ao mês anterior – de 849 clientes, no total – ainda não permite confirmar uma tendência de mercado, avaliam executivos do setor. A TV paga já teve outros dois momentos de queda de clientela, desde que a Anatel lançou a série histórica, em 2012, e depois esta perda se recuperou como novos assinantes.
 
A primeira queda de clientes de um mês em relação a outro ocorreu em maio  de 2013, quando o setor perdeu 34,496 mil assinantes frente a abril; e a mais importante foi em dezembro de 2014, com uma redução de 237,812 mil assinantes frente a novembro, provocada principalmente pela limpeza de base promovida pela Sky à época.