Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

05/05/2016 às 14:54

Campanha da RSF chama atenção para a diminuição da liberdade de imprensa

Escrito por: Redação
Fonte: Portal Imprensa

Em virtude do Dia Mundial da Liberdade de Imprensa, comemorado na última terça-feira (3/5), a ONG Repórteres Sem Fronteiras (RSF) lançou a campanha “The Wrong Party”, que ironiza atrocidades feitas por chefes de Estado a jornalistas ao redor do mundo. 
 
A ação, que foi criada pela agência de publicidade BETC, mostra 12 líderes de nações comemorando suas vitórias contra a liberdade de imprensa. A peça destacou alguns ataques sofridos por comunicadores, como as salas de redação bombardeadas com granadas no Burundi, a prisão e condenação a chibatadas em praça pública de um blogueiro na Arábia Saudita e jornalistas despedidos por causa de um tuíte na Turquia.
 
A RSF publicou o Ranking Mundial da Liberdade de Imprensa 2016, que revela a degradação da capacidade dos jornalistas para exercer sua profissão e desempenhar suas funções com liberdade e independência. As piores nações da lista são Eritréia, Azerbaijão, Coreia do Norte, Tailândia, China, Rússia, Irã, Venezuela e Egito, entre outras.
 
Já é o quinto ano seguido que a BETC apoia a RSF, realizando a campanha sem custos. Os funcionários da agência serviram como modelos para a ação, que será exibida nas ruas de Paris e adaptada para as redes sociais.