Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

08/03/2016 às 12:53

Conselho de Comunicação repudia agressão contra jornalistas em atos políticos

Escrito por: Redação
Fonte: Portal Imprensa

Juliano Dip foi ameaçado por manifestantes com pedaço de pau

O Conselho de Comunicação Social do Congresso Nacional repudiou a agressão de jornalistas, cinegrafistas e outros profissionais de imprensa durante as manifestações políticas após o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ser levado coercitivamente para prestar depoimento na Polícia Federal.
 
De acordo com a Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert), na última sexta-feira (4/3), o repórter Juliano Dip e o cinegrafista Gabriel Shinjimax, da Band, foram empurrados contra a parede e ameaçados com um pedaço de pau. A câmera deles foi quebrada e os profissionais tiveram de ser retirados do tumulto pela Polícia Militar.
 
A repórter Mayara Teixeira, da TV Globo, também teve a câmera quebrada. A jornalista Bruna Vieira foi fortemente hostilizada e os repórteres Renato Biazzi e David Irikura, também da Globo, foram empurrados. Além disso, o carro da emissora virou alvo de pontapés na sede do PT.  
 
Membros do Conselho avaliaram que os episódios mostram uma situação grave de desconhecimento do papel da imprensa pela população e ferem o direito de expressão."O Conselho exorta a todos para que a liberdade de expressão prevaleça e as discordâncias sejam manifestadas com vigor, mas nunca com o emprego da violência."