Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

02/06/2015 às 13:42

Conversor de TV digital só com interatividade local sem modem para internet, diz Anatel

Escrito por: Miriam Aquino
Fonte: Tele.síntese

O conversor de TV digital a ser distribuído para o bolsa família, se por um lado tem o software nacional, o Ginga C, que permite a oferta de serviços de governo e a interatividade, não tem o canal de retorno e só permitirá a interatividade local, mas não a interatividade plena, afirmou hoje o conselheiro Rodrigo Zerbone, em audiência no Senado Federal. ?O acesso à internet fixa e móvel depende do canal de retorno. E esta questão virou complementar, devido a limitação dos recursos alocados, afirmou o conselheiro Rodrigo Zerbone

“O acesso à internet fixa e móvel  depende do canal de retorno. E esta questão virou complementar,  devido a limitação dos recursos alocados.  “Foram preparados os conversores para receber interatividade plena ao acesso a interne, mas o modem terá  que ser adquirido pelo usuário ou por política pública”, afirmou o conselheiro Rodrigo Zerbone hoje em audiência no Senado Federal.
 
O conversor de TV digital a ser distribuído para as 14 milhões de famílias do  Bolsa Família, se por um lado tem o software nacional, o Ginga C, que permite a oferta de serviços de governo e a interatividade, não tem o canal de retorno, e só permitirá a interatividade local, mas não a interatividade plena, afirmou hoje o conselheiro Rodrigo Zerbone, em audiência no Senado Federal.
 
Ele ressaltou que a implantação da TV digital no Brasil não só assegura melhor som e imagem, mas também garante o aumento da cobertura da tecnologia 4G do celular, além de permitir a migração das emissoras AMS para as FMs.
 
O secretário de comunicação de massa do Ministério das Comunicações, Emiliano José, voltou a afirmar que só será desligado o sinal analógico da TV se 93% das residências brasileiras que hoje recebem este sinal, estiverem apenas para receber o sinal digital.
 
O diretor da Abert, José Roberto Antonik, por sua vez, assinalou que a previsão é apenas para a entrega dos equipamentos e não para a sua instalação, o que gera um novo desafio para todos os envolvidos nos processo de migração.