Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

23/10/2015 às 16:01

Correspondente de agências internacionais é ameaçado de morte em Honduras

Escrito por: Redação
Fonte: Portal Imprensa

Suspeitos ameaçaram cortar a língua do jornalista

O jornalista hondurenho Ricardo Ellner, correspondente de agências internacionais, recebeu ameaças de morte na tarde da última terça-feira (20/10) quando chegava em um shopping, próximo à Universidade Nacional Autônoma de Honduras (UNAH). 
 
De acordo com o portal clibrehonduras.com, Ellner relatou que depois de estacionar seu carro, dois homens que estavam em um motocicleta pararam atrás do automóvel e o ameaçaram. "Eles gritaram: 'Ei, filho da p****. Você fala demais. Vou cortar sua língua'".
 
Ainda não se sabe o que motivou ameaça. Horas antes, o jornalista havia publicado em seu Facebook uma mensagem contra a privatização de hospitais públicos no país. Em um dos seus últimos artigos, compartilhado nas redes sociais, Ellner tratou sobre a liberdade de expressão na ditadura.
 
O repórter presta serviços para os veículos Nuestra Patria Grande, Rebelión, Kaoes en la Red, Clarín (Colômbia), Resumen del Sur e Radio Michoacán (Chile). De acordo com organizações internacionais, o país é considerado um dos mais perigosos para o exercício do jornalismo. Desde 2003, já foram mortos cerca de 56 repórteres em Honduras.