Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

23/11/2015 às 13:30

Correspondente do 'Washington Post' é condenado à prisão no Irã por espionagem

Escrito por: Redação
Fonte: Portal Imprensa

Pena do jornalista não foi divulgada pelo tribunal de Teerã

O correspondente do jornal Washington Post no Irã, Jason Rezaian, detido em julho do ano passado sob acusação de espionagem, foi condenado à prisão, informou o porta-voz da Justiça iraniana. Não foi informada qual a pena do repórter. 
 
De acordo com a AFP, o repórter foi preso em sua casa em Teerã, onde trabalhava como correspondente para o Post há dois anos. Ele foi condenado pelo tribunal revolucionário da capital, uma corte especial que julga os casos políticos ou que comprometem a segurança nacional.
 
"Cada dia que Jason passa na prisão é uma injustiça, porque ele não fez nada de mal", afirmou  o chefe da editoria Internacional do Washington Post, Douglas Jehl. "Depois de 488 dias de prisão, o Irã não apresentou nenhuma prova", completou.
 
Em outubro deste ano,  o chanceler do Irã, Mohamad Javad Zarif, ponderou que tentava "solucionar o caso de um ponto de vista humanitário", porém, destacou que as acusações contra o jornalista são "graves".