Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

11/02/2016 às 15:49

Crise na imprensa venezuelana por falta de papel pode se intensificar

Escrito por: Redação
Fonte: Portal Imprensa

Imprensa venezuelana volta a enfrentar falta de papel para impressão dos jornais

A crise nos veículos de comunicação da Venezuela gerada pela falta de papel para a impressão de jornais, deve piorar até o fim do mês, informou Carlos Eduardo Carmona, presidente do jornal El Impulso de Barquisimeto, o mais antigo do país.
 
Ao jornal Ultima Hora, Carmona explicou que a Corporação Editorial Alfredo Maneiro deve receber rolos de papel para distribuir conforme as exigências de cada publicação. Caso contrário, a crise pode se agravar.
 
O secretário-geral do Sindicato dos Profissionais de Imprensa, Marco Ruiz, destacou que a situação afeta o direito ao trabalho, à liberdade de expressão e informação, além da perda de espaço para trabalhos investigativos.
 
De acordo com Marianela Balbi, diretora do Instituto de Imprensa e Sociedade, cerca de 41 veículos tiveram de mudar sua periodicidade ou formato, como o Tal Cual, que passou a ser veiculado semanalmente.
 
O presidente do El Impulso ressalta que migrar para o online não é a opção mais rentável, já que a internet no país é ruim e os equipamentos para manter a publicação são caros. 
 
O sindicato dos jornalistas abrirá uma queixa à Comissão de Mídia da Assembleia Nacional para alertar sobre a situação. A entidade também quer propor a abertura de uma comissão para evitar que o papel seja revendido.