Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

01/10/2013 às 15:15

Crise política se acentua na Itália e agrava situação da Telecom Italia

Escrito por: Redação
Fonte: Tele Síntese

Neste final de semana cinco ministros deixaram o governo de coalização

Diferentes jornais europeus já falam em "caos econômico" na Itália, provocado pela grande confusão política gerada neste final de semana, com a saída do governo de cinco ministros vinculados ao partido de centro-direita, liderado por Sílvio Berlusconi. O atual primeiro-ministro, Enrico Letta, do Partido Democrático, de centro-esquerda, vai nesta quarta, dia 2, ao parlamento italinado pedir voto de confiança para reformular o governo e proceder às reformas consideradas essenciais para a recuperação da terceira maior economia da zona Euro.

E é nesta pressão política que na quinta, dia 3 de outubro, reúne-se o conselho de administração da Telecom Italia. As notícias de que o presidente da operadora,

, vai renunciar continuam firmes nos jornais italianos.

Ele renunciaria da empresa porque não teria conseguido fazer com que os principais acionistas acompanhassem o aumento de capital de mais de 5 bilhões de euros que está sugerindo. A espanhola Telefónica,

para a redução gradual de suas participações do total de 54% para 30% e a opção de assumir integralmente o controle da Telco no próximo ano, prefere vender a operadora brasileira TIM. A espanhola sabe que as agências reguladoras brasileiras - Anatel e Cade - não aprovariam, sem restrições, a fusão da primeira operadora de celular com a segunda, no mercado brasileiro.