Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

26/09/2013 às 10:39

Decisão do Cade: Dilma desautoriza ministro

Escrito por: Redação
Fonte: O Globo

A presidente Diíma Rousseff desautorizou ontem o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, que na véspera havia dito que a Telefônica não poderia manter o controle das operadoras de telefonia móvel Vivo e TIM no mercado brasileiro. Segundo ela, todos os órgãos competentes terão de analisar o caso antes de uma opinião formal do governo.

— Eu não me manifesto sobre essa questão. E o governo ainda não se manifestou. Houve uma opinião do ministro Paulo Bernardo. Não é a opinião oficial do governo ainda — afirmou.

Dilma se encontrou na terça-feira, após sèué discursos na sede da ONU, como presidente mundial da Telefónica, Cezar Alierta, ecom o chefe da filial brasileira do grupo espanhol, Antonio Carlos Valente. Eles se recusaram a falarcom a imprensa.

— Falamos sobre investimentos sendo feitos no Brasil — limitou-se a dizer sobre o teor do encontro.

Em São Paulo, o presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), João Rezende, adotou um discurso mais cauteloso que o de Bernardo e disse que até agora tudo o que se faiou da operação envolvendo a Telefónica e a Telecom Itaiia "é mais do ponto de vista especulativo".

—A Telefónica terá que apresentar à Anatel em 30 dias o novo acordo acionário. Aí vamos nos debruçar sobre isso — disse Rezende, insistindo que, se o negócio anunciado terça-feira não alterar o controle, o acordo que as empresas fizeram com a Anatel em 2007 está valendo.