Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

24/11/2015 às 13:23

Entidade pede abono de ações contra jornalistas envolvidos no VatiLeaks

Escrito por: Redação
Fonte: Portal Imprensa

Entidade pede a suspensão do processo contra os jornalistas no Vaticano

A Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) solicitou na última segunda-feira (23/11) que a Justiça vaticana suspenda suas ações contra os jornalistas acusados no caso Vatileaks. A entidade alegou que é direito da imprensa cobrir assuntos "de interesse público".
 
Segundo a AFP, o Vaticano informou no último sábado (21/11) que prestará queixa contra cinco pessoas, incluindo os jornalistas Gianluigi Nuzzi e Emiliano Fittipaldi, acusadas de "associação criminosa", roubo e divulgação de documentos confidenciais da Santa Sé.
 
"Os jornalistas devem ser livres para cobrir os assuntos de interesse público e proteger suas fontes. Peço às autoridades que não recorram a procedimentos judiciais e protejam os direitos dos jornalistas, de acordo com os princípios da organização", reforçou Dunja Mijatovic, representante da OSCE para a liberdade de imprensa.
 
Nuzzi e Fittipaldi são autores dos respectivos livros "Vía Crucis" e "Avarizia", nos quais citam documentos com informações sobre desperdício e má gestão no Vaticano, além da resistência à tentativa do Papa Francisco para corrigir as irregularidades.
 
Ataque à liberdade de imprensa
 
Os repórteres, que devem comparecer a uma audiência preliminar nesta terça-feira (24/11), denunciaram o desrespeito à liberdade de imprensa. "Nunca teria imaginado que depois da publicação de 'Avarizia' que acabaria sendo investigado, no banco dos réus, e processado pelos juízes pontifícios. Processado por um crime com uma pena que vai de quatro a oito anos de prisão", escreveu Fittipaldi no jornal La Repubblica.
 
Em seu blog, Nuzzi, que se recusou a depor durante a fase de instrução, também se manifestou contra a medida do Vaticano. "Não se processa quem faz informação". Ele ainda afirmou que se "trata de um julgamento da liberdade de informação".