Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

21/01/2016 às 15:29

Ex-chefe de imprensa da Assembleia Nacional venezuelana é morto em tentativa de assalto

Escrito por: Redação
Fonte: Portal Imprensa

O jornalista Ricardo Durán, ex-chefe de imprensa da Assembleia Nacional da Venezuela, foi morto na noite da última terça-feira (19/1) em Caracas, na Venezuela, durante uma tentativa de assalto, informou o Ministério Público.
 
Segundo a AFP, o presidente Nicolás Maduro sugeriu que ele teria sido assassinado por motivos políticos. Testemunhas mencionadas pelo Ministério afirmaram que Durán foi abordado por três desconhecidos perto de sua casa, no oeste da capital venezuelana.
 
Os criminosos teriam atirado diversas vezes depois que o jornalista e militante reconhecido do chavismo resistiu ao assalto. Os três homens fugiram sem levar o carro ou qualquer pertence da vítima.
 
O ministro de Comunicações e Informação, Luis José Marcano, lamentou o crime em seu perfil no Twitter e pediu que se aguardem os resultados das investigações. "O Estado fará justiça com esta tragédia. Honra e glória a Ricardo!", escreveu.
 
Também na rede social, Maduro manifestou repúdio ao ocorrido, descrevendo o jornalista como "um homem comprometido com a revolução". "Enquanto trabalhamos pela paz convocando todos, há quem, desde a obscuridade do fascismo, siga em guerra contra o povo", disse.
 
Ricardo Durán, de 45 anos, comandou a imprensa do Parlamento entre 2010 e 2013. Ele trabalhava atualmente na área de comunicação do governo metropolitano de Caracas.