Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

04/05/2016 às 14:20

Famoso jornalista antimáfia é investigado por extorquir prefeitos na Itália

Escrito por: Redação
Fonte: Portal Imprensa

O reconhecido jornalista antimáfia, Pino Maniaci, da emissora de TV Telejato, será investigado pelo procurador de Palermo, Francesco Lo Voi, por suspeita de extorsão de prefeitos sicilianos em troca de não exibir na TV as supostas práticas de corrupção dos políticos.
 
De acordo com EFE, Maniaci é conhecido por suas veementes denúncias contra os clãs da máfia Cosa Nostra. Agora, ele é acusado de extorquir os prefeitos dos municípios de Borgetto e Partinico.
 
As suspeitas contra o jornalista surgiram, por acaso, em 2012, quando carabineiros – polícia militarizada da Itália – investigavam as atividades de várias famílias da máfia na Sicília. De acordo com os promotores, Maniaci teria exigido dinheiro e favores de vereadores para suavizar algumas informações sobre seus atos de corrupção.
 
Na semana passada, o jornal La Repubblica divulgou um vídeo em que o prefeito de Borgetto, Gioacchino De Luca, aparece entregando dinheiro ao jornalista dentro de seu gabinete. A propina teria sido paga após Maniaci ter ameaçado o prefeito de publicar “uma reportagem exclusiva", que colocaria o fim de sua carreira política, algo que não ocorreu.
 
Já a ligação do jornalista com o prefeito de Partinico, Salvatore Lo Biundo, teria a ver com a contratação de sua amante, como fica claro a partir da escuta telefônica entre a mulher e jornalista.
 
Como medida cautelar, a promotoria proibiu o Maniaci de residir nas províncias de Palermo e Trapani. O jornalista rebate as acusações e diz que os crimes atribuídos a ele são parte de "uma conspiração" orquestrada pelo Gabinete do Procurador Palermo, criticado por ele em várias ocasiões.
 
Para Lo Voi, o apresentador da  Telejato é "uma pessoa que se aproveitou da profissão jornalística e sua notoriedade para mudar as coisas."
 
Assista ao vídeo: http://portalimprensa.com.br/noticias/internacional/76991/famoso+jornalista+antimafia+e+investigado+por+extorquir+prefeitos+na+italia