Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

01/10/2013 às 10:56

GVT e a Dish (EchoStar) criam joint-venture para o mercado de TV paga brasileiro

Escrito por: Miriam Aquino
Fonte: Telesíntese

Em comunicado ao mercado, a francesa Vivendi (dona da GVT) e a EchoStar, controladora da operadora norte-americana Dish, anunciaram que estão em negociações para a formação de uma joint-venture para o mercado de TV paga brasileiro.

Conforme o anúncio, a joint-venture será constituída para transformar a empresa em líder no mercado de TV paga. A joint-venture terá sua sede no Brasil e será gerenciada pela GVT.

As duas empresas irão se beneficiar do  posicionamento da operadora de telecom brasileira  no mercado de rede IP, combinado com a expertise da EchoStar, que tem a licença para a exploração de satélite. O objetivo, diz a nota, é oferecer serviço nacional baseado em IPTV e satélite. Conforme as empresas, elas esperam um grande aumento de clientes, devido aos campeonatos que ocorrem nos próximos anos, como a Copa do Mundo e as Olimpíadas em 2016.
O acordo só será confirmado após a aprovação da Anatel e do Cade, conforme ressalta o comunicado, condicionando a concretização da joint-venture à aprovação das agências reguladoras.

A GVT está presente hoje em 146 cidades brasileiras e teve, em 2012, receitas de 1,7 bilhão de euros e EBITDA de 740 milhões de euros. A EchosTar é uma subsidiária integral da Hughes, líder global em ofertas de banda larga via satélite.

Dish e EchoStar
Conforme declaração da DISH à SEC norte-americanas, as duas empresas se separaram em 2008. Mas o chairman das duas empresas, Charles W. Ergen, possui a maioria das ações com poder de voto, o que torna as duas empresas, pelas lei de telecomunicações brasileria, coligadas.