Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

13/04/2016 às 14:27

Humorista cancela programa na Alemanha após pressão por sátira de Erdogan na TV

Escrito por: Redação
Fonte: Portal Imprensa

O humorista alemão Jan Böhmermann decidiu cancelar na última terça-feira (12/4) a próxima edição de seu programa — "Neo Magazin Royale" — exibido pela ZDF. Em comunicado divulgado no Facebook, ele diz que gerou "massiva exposição midiática" desde que recitou um poema com sátiras ao presidente turco Recep Tayyip Erdogan.
 
De acordo com a Folha de S.Paulo, a pressão do líder da Turquia contra o apresentador gerou debate sobre a liberdade de expressão na Alemanha. A polícia local mantém um carro em frente à casa de Böhmermann, alegando que ele pode ser alvo de ameaças.
 
Na última segunda-feira (11/4), o governo turco entrou com uma ação na Procuradoria alemã para processar o comediante por injúria. Caso a chanceler Angela Merkel autorize o andamento do caso, ela pode ser acusada de "defender" Erdogan, mas se rejeitar, pode ser vista como uma líder que interfere no Poder Judiciário.
 
A chanceler ponderou que a liberdade de expressão é um valor "independente de qualquer problema político". A decisão dela deve ser pronunciada nos próximos dias. Segundo o porta-voz de Merkel, Steffen Seibert, ela disse ao premiê turco, Ahmet Davutoglu, que o poema era "conscientemente ofensivo".
 
Ancara classificou a brincadeira como "um crime contra a humanidade", que insultou não apenas o político, mas todos os turcos. Um dia depois da exibição, a ZDF tirou o vídeo do ar. Para o diretor da emissora, Thomas Bellut, o humorista "foi um pouco pesado, um pouco longe demais", mas ressaltou que o apoia.