Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

16/03/2016 às 14:40

Imprensa estatal chinesa reage a críticas sobre a situação dos direitos humanos no país

Escrito por: Redação
Fonte: Portal Imprensa

Veículos chineses acusam EUA de terem "dois pesos e duas medidas" sobre direitos humanos

A imprensa estatal chinesa rebateu as críticas que recebeu de 11 países durante sessão do Conselho da Organização das Nações Unidas (ONU) na última quinta-feira (10/3) sobre a situação dos direitos humanos no país.
 
Segundo a Folha de S.Paulo, o grupo de países, liderado pelos Estados Unidos, apontou uma "deterioração dos direitos humanos" na China, com prisões de ativistas e estrangeiros. As nações também criticaram o fato de a mídia exibir supostas confissões pela TV.
 
Desde a última sexta (11/3), a agência estatal de notícias Xinhua publicou diversas matérias com críticas ao que avalia como um posicionamento "hipócrita" dos países. Por sua vez, a CCTV exibiu um documentário sobre "dois pesos e duas medidas" dos Estados Unidos em direitos humanos.
 
O governo chinês também agiu e deu espaço para uma entrevista com especialistas chineses em direitos humanos que indicaram problemas sociais americanos, como conflitos raciais, falta de acesso à saúde e violência por armas.
 
A Xinhua alega que há uma cegueira sobre as conquistas no país, mencionando a reforma do Judiciário e melhorias na saúde e educação. A agência, entretanto, não cita a prisão de 200 advogados de direitos humanos e seus associados, ato duramente questionado por grupos de defesa dos direitos civis.