Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

23/09/2014 às 17:34

INOVApps surpreende e recebe perto de 2,5 mil inscrições

Escrito por: Lúcia Berbert
Fonte: Telesíntese

Concurso do MiniCom vai selecionar 50 aplicativos e jogos de interesse público, que receberão até R$ 4,5 milhões em prêmios, no total.

O concurso de aplicativos e games de interesse público, o INOVApps, recebeu 2.464 inscrições, sendo 1.632 de apps e 832 de jogos sérios para dispositivos móveis e TVs conectadas. O objetivo é selecionar 50 projetos inéditos e originais, que receberão prêmios no valor total de R$ 4,5 milhões, sendo R$ 80 mil para cada um dos 25 aplicativos escolhidos e R$ 100 mil para cada um dos 25 games.

Segundo o secretário-executivo substituto do Ministério das Comunicações, James Gorgën, o volume de inscrições surpreendeu e é mais uma prova da demanda de subsídios para o setor de desenvolvimento de conteúdos criativos. “Acredito que muitos dos projetos inscritos estavam na gaveta de pessoas e empresas, que não tinham qualquer incentivo para levá-los adiante”, disse.

Entre as categorias com maior número de inscritos estão saúde, educação, segurança e turismo, no caso de aplicativos, e educação e saúde, no caso de jogos.  A previsão é de que a relação final dos projetos habilitados seja divulgada até o fim deste mês, depois de comprovada a documentação exigida. Para os projetos que ficarem de fora, os desenvolvedores terão prazo de cinco dias para entrar com recurso.  A divulgação dos vencedores deve ocorrer no dia 14 de novembro, durante o evento SB Games, que acontece em Porto Alegre (RS).

Gorgën disse que a ideia é de que o concurso seja repetido nos próximos anos. Para 2015, o orçamento do MiniCom já prevê os recursos necessários, mas tudo vai depender de decisões administrativas.

O INOVApps é uma iniciativa é do Ministério das Comunicações, em parceria com o Centro de Desenvolvimento Científico e Tecnológico da Universidade de Brasília (CDT/UnB).  O concurso integra a Política Nacional de Conteúdos Digitais Criativos que o MiniCom desenvolve ao lado de órgãos municipais, estaduais e federais para expandir os segmentos produtores desses conteúdos no país.