Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

30/05/2016 às 21:41

Irã exige armazenamento de dados no país

Escrito por: Redação
Fonte: Convergência Digital

O conselho supremo do ciberespaço do Irã anunciou no sábado, 28/5, que os serviços de mensagens deverão ter dados armazenados em servidores localizados no território iraniano caso queiram continuar a oferecer serviços no país. 
 
“Empresas estrangeiras de [serviços de] mensagens ativas no país devem transferir todos os dados e atividades relacionadas a cidadãos iranianos para dentro do país para garantir a continuidade de suas atividades”, afirmou o secretário do conselho do ciberespaço, Abolhasan Firouzabadi, segundo divulgou a televisão estatal do país, conforme relato da AFP.
 
Segundo a notícia, a medida afeta especialmente o Telegram, aplicativo que se tornou muito popular no Irã e segundo as próprias autoridades conta com cerca de 15 milhões de usuários ativos – em um país com 75 milhões de pessoas. Especialmente diante de uma aparente disputa local sobre o bloqueio do WhatsApp. 
 
Aplicações como Facebook e twitter são proibidos no Irã desde 2009. Mas no ano passado, uma tentativa do mesmo conselho do ciberespaço de bloquear o WhatsApp acabou suspensa pelo presidente do Irã, Hassan Rouhani.