Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

05/10/2011 às 15:09

Japão cria canal de TV exclusivo para smartphones e tablets

Escrito por: Redação
Fonte: IDG Now

Chamada de Nottv, novidade foi apresentada em feira de tecnologia e é fruto de parceria entre gigantes da comunicação e da telefonia no país.

Um canal de televisão apenas para smartphones e tablets com sintonizadores especiais será lançado no ano que vem no Japão, de acordo com uma venture criada pelas maiores emissoras de TV e operadoras celulares do país.

Conforme anunciado na feira de eletrônicos Ceatec, a "nova emissora" será chamada de Nottv e usará freqüências de largura de banda deixadas quando o Japão encerrou suas transmissões analógicas há alguns meses.

Segundo os criadores, sua qualidade não sofrerá à medida que aumente o número de espectadores, e a novidade conseguirá entregar conteúdo digital, incluindo games e jornais, de modo simultâneo para uma grande quantidade de pessoas.

“A televisão é atualmente desenvolvida para ser vista em casa, com todo mundo em volta da TV. Nós queremos que ela seja mais pessoal e interativa”, afirmou Hiroaki Ban, um dos gerentes da divisão corporativa da Mmbi, a companhia que vai operar a Nottv.

A empresa fez diversas demonstrações de seu aplicativo principal, que permite comentários em tempo real no Twitter e no Facebook, à medida que o programa é exibido.

Também possui os recursos de mudança de tempo encontrados em muitas set-top boxes (como a Google TV) para visualização de conteúdo sob demanda (on-demand).

Ban disse que a programação será normalmente muito mais curta em comparação com a que é feita para TV tradicional, com cerca de 10 minutos por programa algumas vezes, já que será algo destinado a usuários de aparelhos móveis que querem preencher/passar seu tempo.

Ele afirmou que a companhia espera que grande parte desse conteúdo seja salvo localmente nos smartphones para visualização sob demanda.

A empresa ainda aguarda a permissão final do governo japonês para uso de rede pública, mas espera que o produto seja lançado em abril de 2012.

Os smartphones precisarão de um sintonizador especial para receber as transmissões, mas a NTT DoCoMo, maior operadora mobile do país, é uma grande investidora e tem uma forte influência sobre fabricantes locais de telefones.

O Japão já possui um sistema de transmissão digital direcionado a aparelhos móveis chamado Oneseg também utilizado no Brasil. Mas ele serve basicamente para reproduzir os canais já existentes, com pouco conteúdo exclusivo. A Nottv afirma que conseguirá oferecer qualidade de vídeo e áudio muito melhor.

Em julho, o Japão oficialmente encerrou seu sistema de televisão analógica, mudando o país inteiro para transmissões digitais.

A Mmbi foi formada para criar grupos de negócio em torno das frequências vagas no país. Seus investidores incluem as maiores transmissoras de TV do Japão, a agência de publicidade Dentsu e a operadora NTT DoCoMo.