Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

25/07/2016 às 15:03

Jornaleiro é condenado a sete anos e quatro meses de prisão após xingar juiz

Escrito por: Redação
Fonte: Portal Imprensa

O comerciante José Valde Bizerra, dono de uma banca de jornal em Santo André (SP), está preso desde dezembro do ano passado após xingar de "vagabundo, ladrão e corrupto" um juiz que assinou uma sentença sobre o despejo de seu estabelecimento.
 
Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, Bizerra era proprietário da banca há 30 anos e, em 2007, mudou o ponto para um terreno ao lado de um cemitério. Ele teve de deixar o local por ordem da prefeitura e entrou com uma ação contra os donos da área, mas seu pedido foi rejeitado em setembro de 2012.
 
O dono da banca decidiu questionar a rejeição do pedido pelo juiz José Francisco Matos e procurou a Corregedoria do Tribunal de Justiça de São Paulo em sua página no Facebook e por meio de três e-mails pessoais do magistrado, com mensagens ofensivas.
 
O juiz decidiu prestar queixa contra o jornaleiro, que foi condenado a sete anos e quatro meses de prisão por calúnia e ao pagamento de uma multa. Para a juíza Maria Lucinda Costa, houve reiteração criminosa de oito delitos, considerando cada mensagem, em concurso material.
 
O defensor de Bizerra, Daniel Fernandes Rodrigues Silva, classificou como "inaceitável" o fato de uma pessoa primária ficar presa por crime contra a honra. A 7ª Câmara Criminal do TJ-SP, porém, negou três pedidos de Habeas Corpus.