Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

19/10/2015 às 13:37

Jornalista britânica é encontrada morta em aeroporto da Turquia

Escrito por: Redação
Fonte: Portal Imprensa

Jacqueline foi encontrada morta no aeroporto de Ataturk, na Turquia

A jornalista Jacqueline Sutton, 50, que prestava serviços para a BBC e para a Organização das Nações Unidas (ONU), foi encontrada morta no aeroporto de Ataturk, na Turquia. O jornal local Hürriyet informou que ela estava a caminho da cidade iraquiana de Irbil. 
 
De acordo com o Guardian, ainda não está claro o motivo da morte de Jacqueline. Algumas publicações noticiaram um possível suicídio, mas colegas da jornalista solicitaram uma investigação internacional. 
 
A repórter, que falava cinco idiomas, estudava para obter um PhD no Centro de Estudos Árabes e Islâmicos na Universidade Nacional da Austrália. A pesquisa serviu de apoio para profissionais de mídia no Iraque e Afeganistão.
 
Um dos professores do Centro, Amin Saikal, disse que os funcionários da universidade ficaram "profundamente entristecidos e chocados com a morte trágica de uma das suas brilhantes alunas de doutorado".
 
"Muito difícil acreditar que minha colega e viajante experiente Jacky Sutton cometeu suicídio", desabafou Sudipto Mukerjee, um dos diretores do programa de desenvolvimento das Nações Unidas.
 
O Ministério das Relações Exteriores confirmou que presta assistência à família da jornalista. O órgão, entretanto, não deu detalhes sobre a morte. Jacqueline também atuava como diretora no Instituto de Informações sobre a Paz e a Guerra (IWPR, na sigla em inglês).