Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

26/11/2015 às 11:25

Jornalista chinesa acusada de violar segredos de Estado obtém redução da pena

Escrito por: Redação
Fonte: Portal Imprensa

Pena da jornalista foi reduzida em dois anos

A jornalista chinesa Gao Yu, condenada há sete anos de prisão por divulgar segredos do Estado, conseguiu uma redução da pena de dois anos, informou na última quarta-feira (25/11) Mo Shaoping,  advogado dela.
 
Segundo a agência de notícias AFP, dezenas de policiais impediram o acesso ao tribunal de Pequim, onde ocorreu a análise do recurso apresentado pela jornalista. "Nós acreditamos que é inocente. A pena é apenas mais leve, é uma pequena melhoria", disse Shaoping.
 
A jornalista, que está presa desde abril de 2014, havia sido acusada de transmitir a um meio de comunicação de Hong Kong um documento interno do Partido Comunista chinês. O texto defendia uma repressão maior das ideias democráticas, das vozes discordantes procedentes da sociedade civil e das tentativas de independência da imprensa.
 
Com 71 anos, a profissional conseguiu a análise para a redução da pena por conta do seu estado de saúde. Ela sofre de hipertensão e doença de Ménièré, um problema crônico que afeta o ouvido interno e é caracterizada por ataques de vertigem, zumbido e perda auditiva.