Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

29/04/2016 às 16:45

Jornalista é hostilizada na internet após escrever perfil da esposa de Donald Trump

Escrito por: Redação
Fonte: Portal Imprensa

 
A jornalista russo-americana, Julia Ioffe, recebeu uma série de mensagens antissemitas e ameaçadoras após escrever um perfil de Melina Trump, esposa do pré-candidato à presidência dos Estados Unidos Donald Trump. O artigo foi publicado na quarta-feira (27/04), na revista GQ.
 
Segundo o jornal The Guardian, entre os ataques destacam-se uma ligação com discurso nazista e duas imagens postadas na conta de Ioffe no Twitter, uma com seu rosto sobreposto à figura de uma judia presa durante o holocausto e uma charge de um homem sendo executado com um tiro. Apesar do assédio não estar diretamente ligado à campanha do bilionário norte-americano, este tem incentivado retaliações contra quem é desfavorável a ele em seus comícios.
 
A jornalista disse se preocupar com o futuro da liberdade de imprensa no país caso Trump seja eleito. "O que acontece se Donald Trump for eleito? Nós vimos a forma com que ele incita seus partidários a atacar os meios de comunicação e sua proposta de alterar leis de difamação para ficar mais fácil processar jornalistas". 
 
A jornalista ainda destaca que o perfil não é "um artigo muito crítico" e que não há nada nele que não seja verdade. A publicação traz aspectos da vida pessoal e familiar de Melina, como a relação quase inexistente com um meio-irmão. A esposa de Trump divulgou nota onde diz que trata-se de um artigo desonesto, de um relato falso.