Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

11/11/2015 às 13:21

Jornalista egípcio é libertado depois de dois dias preso por matéria sobre golpe de Estado

Escrito por: Redação
Fonte: Portal Imprensa

Jornalista foi libertado após pressão de entidades como a ONU

O exército do Egito anunciou nesta terça-feira (10/11) a libertação do jornalista e ativista Hosam Bahgat, que estava preso desde o último domingo (8/11) após ser acusado de "propagar informações falsas contra o interesse nacional", depois de publicar uma reportagem que denunciava um frustrado golpe de Estado no país. 
 
Segundo a AFP, a soltura do jornalista foi forçada após mobilizações de entidades egípcias e da Organização das Nações Unidas (ONU). "Ele me ligou e disse que havia saído do edifício do serviço de inteligência militar, onde foi detido no domingo", disse Gaser Abdel Razek, diretor da Iniciativa Egípcia para os Direitos Humanos, ONG fundada pelo próprio Bahgat. 
 
Em outubro, o repórter revelou o julgamento militar de 26 oficiais das Forças Armadas egípcias por tentativa de derrubar Abdul Fatah Khalil Al-Sisi. Os soldados também foram acusados de colaboração com os líderes da Irmandade Muçulmana.