Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

11/06/2016 às 10:33

Jornalista presta queixa após sofrer ameaça de morte no Panamá

Escrito por: Redação
Fonte: Portal Imprensa

A jornalista Ligia Arreaga prestou queixa na Polícia Nacional do Panamá após sofrer ameaças de morte em decorrência das denúncias que fez sobre os danos ambientais causados na lagoa Matusagaratí, na província de Darien. É a terceira vez que ela sinaliza às autoridades que sua vida foi ameaçada em função de seu trabalho.
 
Segundo a TVN Notícias, as outras duas queixas aconteceram em 2009 e 2015. A jornalista disse que espera que, desta vez, as autoridades levem o caso a sério. Ela informou ainda que foi alertada por diversas pessoas da região sobre os riscos de seu trabalho, com avisos do tipo “você pode lutar pelos direitos humanos e a natureza, mas morreu para quê?”.
 
De origem equatoriana, Ligia vive no Panamá por mais de uma década sempre fazendo denúncias de crimes ambientais, como tráfico de madeira, e de violação dos direitos humanos. No caso Matusagaratí, a jornalista informou que, apesar de o Ministério do Meio Ambiente ter proibido o trabalho na lagoa até que terminem as investigações, os danos ecológicos continuam acontecendo.