Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

29/10/2015 às 13:21

Jornalistas e entidades condenam violência policial em invasão a grupo de mídia turco

Escrito por: Redação
Fonte: Portal Imprensa

Entidades e imprensa criticam golpe contra a liberdade de expressão na Turquia

Jornalistas e entidades de imprensa da Turquia condenaram a violência policial durante um confronto entre funcionários e a polícia na última quarta-feira (28/10) na sede dos canais Bugün TV e Kanaltürk, de propriedade do grupo de oposição ao governo Koza Ipek Holding.Entidades e imprensa criticam golpe contra a liberdade de expressão na Turquia
 
De acordo com o jornal Today's Zaman, policiais quebraram a porta do prédio, localizado no bairro Mecidiyeköy, em Istambul. Alguns jornalistas ficaram feridos e outros chegaram a ser algemados. Os militares assumiram o controle das emissoras após uma decisão jurídica proposta pelo presidente do país, Recep Tayyip Erdogan. 
 
O confronto começou depois da resistência dos funcionários dos canais em permitir que os policiais entrassem no edifício do Koza. Os agentes também utilizaram gás lacrimogênio e jatos d’água para dispersar profissionais que se manifestavam contra o golpe. 
 
Abdulhamit Bilici, editor-chefe do Today's Zaman, disse que o Partido de Justiça e Desenvolvimento reprime os meios de comunicação críticos que prejudicam a imagem do país. Durante sua visita à sede da agência, ele pontuou que a hostilidade significa uma repressão sobre a democracia e a imprensa livre.