Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

09/12/2015 às 15:51

Justiça ordena que jornal retire confissões de presidiário de seu site nos EUA

Escrito por: Redação
Fonte: Portal Imprensa

Justiça ordena que o jornal Palm Beach retire confissões de presidiário de seu site nos EUA

O juiz federal Jack Schramm, do Condado de Palm Beach, na Flórida (EUA), ordenou que o jornal Palm Beach Post retire de seu site transcrições de conversas telefônicas com um preso que obtinha confissões de colegas da prisão para repassá-las a promotores e investigadores da polícia. 
 
De acordo com o Consultor Jurídico, as transcrições eram repassadas ao jornal através da Defensoria Pública do Condado, que considerava público os registros das entrevistas - fato que permite a um veículo de imprensa divulgar as informações do caso. Em troca, o preso Frederick Cobia recebia uma cela específica com TV de tela plana, banheiro privado e saídas para jantar. 
 
Em sua decisão, o magistrado registrou que o preso teria "direito à privacidade, mesmo que esteja atrás das grades". O juiz também proibiu o jornal, a defensoria e os promotores de divulgarem as transcrições gravadas e determinou que os documentos com as entrevistas fossem considerados "sigilosos da justiça". 
 
"Isso é censura judicial. Em um país em que a imprensa é livre, normalmente não se permite a juízes censurar o que é publicado nos jornais", disse o advogado do Palm Beach Post.