Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

06/02/2014 às 07:05

Local de escuta funcionava como lan house

Escrito por: Redação
Fonte: Folha de São Paulo - Impressa

O Buggly Hacker, aberto por agentes da Inteligência do Exército da Colômbia em 18 de setembro de 2012, se anunciava como um "local de lazer saudável, ideal para amantes da boa comida e apaixonados por informática".

Oferecia refeições e serviços de lan house.

No segundo andar do negócio, porém, funcionava uma minicentral eletrônica que tinha por missão espionar as Farc. Agora, porém, os alvos foram negociadores do governo.

Vizinhos do comércio disseram nunca ter notado nada de estranho ali, apenas que o preço do almoço era muito baixo. Por isso se assustaram, na segunda-feira, com a afluência de vários meios de comunicação ao local após a divulgação do esquema de escutas ilegais.

O representante da empresa, Juan Carlos Mejía Durán, é líder do Partido Pirata Colombiano, contrário a direitos autorais.