Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

12/11/2015 às 15:12

Manifesto contra a hegemonia do cinema americano e pelo empoderamento de mais mulheres no cinema

Escrito por: Priscila Miranda
Fonte: O Cafezinho

Por Priscila Miranda, no Facebook do Cafezinho.
 
É uma luta urgente e necessária. A luta contra a hegemonia do cinema norte americano.
Me chamo Priscila Miranda. Sou mulher nascida e criada no bairro da Penha, bisneta de escravos, e filha de mãe solteira. Apaixonada por cinema, cresci assistindo filme como conseguia e acompanhei o fechamento das salas de cinemas do lugar em que morava. Não existia internet e vi surgir o video cassete aos 8 anos.
 
Adulta resolvi fazer minha pequena revolução. Contrariando as estatísticas do mundo do audiovisual, 85% masculino seja da realização a exibição, 90% burguês. E quase 100% americanizado. Decidi contribuir para mudar o cenário, abri uma distribuidora de filmes, com a qual poderia difundir um cinema que julgo diferente e ferramenta fundamental para geração de mudanças. A Tucumán é uma distribuidora só de mulheres e não é qualquer mulher, é da baixada a mangueira. São todas guerreiras. Temos aqui uma geração oriunda das mudanças sociais do país e que comigo constrói esse lugar de um cinema diferente, esse lugar da pluralidade, o lugar em que tentamos dar acesso a obras que são engolidas pelo cinemão.
 
Essa semana lançaremos um dos melhores filmes dos últimos anos, um filme político, um filme criativo. Um filme que resgata o sonho chamado cinema. Peço que este filme seja a nossa bandeira, a nossa munição nessa batalha que travamos todos os dias contra a hegemonia de uma única narrativa, por mais diversidade de gênero, por mais salas exibidoras, por mais voz nas redes e mais liberdade.
 
As Mil e Uma Noites não poderia ser melhor bandeira para essa luta: é um filme de histórias reais e diversas, dá voz a diferentes personagens do povo português, é fabula, é surreal e extremamente político. E é narrado por uma astuta Sherazade, a de Miguel Gomes que durante o filme é várias, punk, gênio e sobretudo revolucionária.
 
Podemos mudar a realidade do enlatado em que a cultura se transforma e mudar isso é fácil, mudamos consumindo cultura, sabendo o que consumir.
 
Conspire, compartilhe o trailer desse nosso filme e de tantos outros que tentam fazer a diferença e assista, corre para o cinema. Essa mudança esta nas nossas mãos.” Dia 12 de novembro As Mil e Uma Noites de Miguel Gomes - em cartaz ?#‎agoraequesaoelas?
 
Assita aqui ao vídeo "As Mil e Uma Noites - Vol.1 - TRAILER OFICIAL"