Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

18/04/2014 às 12:05

Masp divulga propostas para novo estatuto

Escrito por: Redação
Fonte: Estadão

Comunicado do museu anuncia convidados a formar diretoria-executiva da instituição e apresenta termos para assembleia

O Masp (Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand) divulgou ontem comunicado sobre sua parceria com o Banco Itaú Unibanco, que investirá capital próprio e recursos via Lei Rouanet no museu, atualmente, considerado inadimplente pelo Ministério da Cultura (MinC) e com dívida estimada em cerca de R$ 10 milhões. O texto apresenta as propostas de mudanças no estatuto da entidade, reforma a ser votada em assembleia com os conselheiros do museu, convocada para o dia 29.

O documento propõe que a nova diretoria-executiva do Masp seja formada por Heitor Martins, sócio diretor da McKinsey & Company, ex-presidente da Fundação Bienal de São Paulo (2009-2013); Alberto Fernandes, vice-presidente executivo do Banco Itaú BBA; pelo advogado Alexandre Bertoldi; pelo empresário Nilo Cecco; pelo cientista social Miguel Chaia; e pela consultora Flavia Velloso, ex-coordenadora do Núcleo Contemporâneo do Museu de Arte Moderna de São Paulo. O grupo seria "base de futura diretoria".

Como vem sendo noticiado, Heitor Martins assumiria a presidência do Masp no lugar de Beatriz Pimenta Camargo neste processo de "revitalização" do museu. O Masp está impedido de firmar contratos para captar recursos junto ao MinC.

O comunicado não apresenta os nomes dos novos membros que integrarão o conselho do museu, a ser ampliado, diz o texto. O comunicado afirma que o primeiro passo será a aprovação das mudanças do estatuto do Masp e que uma nova assembleia será convocada em até 60 dias para eleger conselheiros e a diretoria da instituição.

Entre as propostas apresentadas, está a "introdução, como regra geral, de uma contribuição financeira anual por parte de conselheiros e diretores, visando não apenas fortalecer o fluxo de caixa ao longo do tempo, mas especialmente reforçar o papel do gestor como servidor da instituição". Outros pontos colocados são "alteração das regras de admissibilidade de novos associados, limitando-se a apenas um novo associado por ano"; e a criação de comitê de gestão e de "comitê transitório dedicado exclusivamente ao processo de construção do novo prédio" (o Masp Vivo, na Avenida Paulista, um dos pivôs da crise do museu). O comunicado é assinado por Beatriz Pimenta Camargo e Adib Jatene, presidente do conselho da instituição.