Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

08/10/2009 às 02:56

Metade das receitas de conteúdo vem de assinatura, diz Comcast

Escrito por: Daniele Frederico
Fonte: PAY-TV

Na TV, na Internet ou no celular, o modelo ideal de exploração de conteúdo é o de assinaturas. O presidente da Comcast International Media Groupe, Kevin MacLellan, explicou durante painel o Mipcom o conceito do TV Everywhere, em teste nos Estados Unidos, que prevê a autenticação de assinantes de TV por assinatura para que possam acessar conteúdo a partir de outras plataformas, como Internet e celular. "Acreditamos no modelo de assinaturas. De US$ 140 bilhões feitos com conteúdo, US$ 70 bilhões são provenientes de taxas de assinatura", disse.

Segundo MacLellan, o teste inclui 800 opções de conteúdo televisivo e cinematográfico. Ele lembra, porém, que ter tantas opções pode dificultar a escolha do espectador. "É preciso ter valor adicionado e tornar a ferramenta simples para o usuário", afirmou.

Conteúdo online

Em dia de questionamento sobre a indústria de TV por assinatura no Mipcom, Stephen Nuttal, diretor comercial da BSkyB, questionou até quando os operadores vão continuar pagando caro pelo conteúdo que está na Internet, e disse acreditar que o consumidor está disposto a pagar pelo conteúdo, desde que esteja satisfeito com o serviço. "Agora nosso foco é no HD, e acredito que isso vai demorar para ser pirateado", aposta.

Ao mesmo tempo, a vice-presidente sênior de distribuição de novas mídias da The Walt Disney Company para a Europa, Maria Kyriacou, lembrou que nos últimos dias a Disney lançou 13 novos acordos para novas mídias.