Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

17/11/2013 às 09:10

MinC amplia investimento e fomenta inclusão social pela música

Escrito por: Redação
Fonte: Vermelho

O Ministério da Cultura (MinC) está enviando nove maestros brasileiros à Venezuela com o intuito de estudar a implantação e resultados do Sistema de Orquestras e Coros Juvenis da Venezuela, política pública que ficou mundialmente conhecida como El Sistema

De acordo com o Ministério a ideia é da vivência do El Sistema e de projetos brasileiros bem-sucedidos junto a comunidades carentes, elaborar uma metodologia inovadora a ser aplicada nos CEUs - Centro das Artes e Esportes Unificado.

Em abril, a ministra da Cultura, Marta Suplicy, recebeu o fundador do El Sistema, maestro José Abreu, em seu gabinete e também um grupo de maestros brasileiros. Acertaram a missão que se inicia agora.

O maestro Amílson Godoy sistematizará o trabalho do grupo de maestros brasileiros que vai à Venezuela. Junto com ele viajam Ricardo Castro (que tem o projeto Neojiba - Salvador - Ba), Arthur Barbosa (com ação em projeto social em Fortaleza). Também Carlos Lima, Carlos Moreno, Claudio Cohen, Eliseu Ferreira, Lenir Boldrin e Roberto Duarte.

Ação

O Ministério da Cultura vai investir R$ 3 milhões na compra de instrumentos visando ter nas cinco regiões do país uma corporação mínima musical com perfil clássico, ou seja, violinos, violas, violoncelos etc.

Já está certa a formação de grupos em CEUs da Bahia (Salvador), Minas Gerais (Goitacazes), Interior de São Paulo (Mogi Mirim), Goiás e outros estados. As corporações musicais, mesmo começando pequenas, podem crescer ao longo do trabalho. Vão ser formadas com apoio de músicos dos municípios, multiplicadores da metodologia que será criada. Os maestros que já estão de malas prontas para a Venezuela realizarão aulas magnas e contribuirão para o enriquecimento dos conteúdos que serão desenvolvidos.

O maestro José Abreu ofereceu todo o apoio pedagógico e filosófico da Fundação Musical Simón Bolívar, órgão estatal responsável pelo El Sistema, para os projetos brasileiros.

Ordem Cruzeiro do Sul

Reconhecendo o trabalho musical, educativo e social que o maestro José Abreu realiza há mais de 38 anos na Venezuela e no mundo, a presidenta Dilma Rousseff o condecorou com o mais alto grau da Ordem Nacional do Cruzeiro do Sul - principal comenda do governo brasileiro, em cerimônia no Palácio do Planalto.

Sob a direção do maestro Gustavo Dudamel, a Dilma e a ministra Marta Suplicy, ao lado do chanceler da Venezuela, Elías Jaua, do ministro de Cultura Pedro Calzadilla prestigiaram na visita do maestro José Abreu o concerto da Orquestra Sinfónica Simón Bolívar da Venezuela na Sala Villa- Lobos do Teatro Nacional, em Brasília.

A formação de Gustavo Dudamel, atualmente maestro principal da Orquestra Sinfônica de Gotemburgo, Suécia, e diretor musical da Orquestra Filarmônica de Los Angeles, EUA, é o símbolo mais expressivo dos amplos e qualificados resultados do trabalho de formação do El Sistema. Dudamel, atualmente, é maestro principal da Orquestra Sinfônica de Gotemburgo, Suécia, e diretor musical da Orquestra Filarmônica de Los Angeles, EUA.

Fonte: MinC