Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

11/05/2016 às 13:51

Ministro francês admite gesto 'inapropriado' com jornalista, mas nega assédio

Escrito por: Redação
Fonte: Portal Imprensa

Na última terça-feira (10/5), o ministro francês das Finanças, Michel Sapin, disse que agiu de forma inapropriada com uma jornalista, não identificada, durante o Fórum Econômico de Davos, em janeiro de 2015. 
 
De acordo com a AFP, apesar de reconhecer seu comportamento, Sapin negou ter puxado o elástico da calcinha da repórter, como relatado no livro "L'Elysée off", dos jornalistas Stéphanie Marteau e Aziz Zemouri.
 
Na obra, os profissionais afirmam que, o ministro, ao ver uma jornalista inclinada para pegar uma caneta, "não consegue segurar sua mão murmurando: 'Ah, mas o que você tem aí?' e (...) puxa o elástico da calcinha dela, que vestia uma calça de cintura baixa".
 
O caso, revelado no mês passado, voltou a ser noticiado após a divulgação dos testemunhos de oito mulheres, quatro delas vereadoras, que acusam o deputado ecologista Denis Baupin de perseguição e agressão sexual.
 
Em comunicado, Sapin explicou: "Fiz a uma jornalista um comentário sobre sua vestimenta pousando minha mão em suas costas. Não havia em minha atitude nenhuma vontade agressiva ou sexista, mas o simples fato de ter ofendido esta pessoa demonstra que estas palavras e este gesto eram inapropriados, e eu senti e sinto muito".
 
"Nos minutos que se seguiram, a jornalista pediu para se encontrar comigo sozinha para me transmitir sua indignação. Evidentemente eu apresentei a ela minhas mais sinceras desculpas", completou o político, que havia classificado as acusações como "falsas e caluniosas".