Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

31/03/2008 às 12:23

Negócio pode trazer prejuízo ao consumidor

Escrito por: Redação
Fonte: O Estado de São Paulo

As entidades de defesa do consumidor estão preocupadas com a aquisição. “Ela está contrariando um princípio que norteou a privatização, que é a competição”, afirmou Maria Inês Dolci, coordenadora institucional da Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Pro Teste). “A compra da Brasil Telecom reduz as opções para o usuário.”

Maria Inês não considera aceitável o argumento de que hoje existe pouca competição entre as operadoras. “Os efeitos imediatos não são nada bons para os consumidores. Como vimos nos casos de concentração em TV por assinatura, existe queda de qualidade, aumento de preços e desrespeito a contratos.” Sob o pretexto de unificar sua oferta de serviços, as empresas acabam desrespeitando os contratos que têm com seus clientes.

“Não ficou demonstrado qual é o interesse coletivo dessa fusão”, disse Luiz Fernando Moncau, advogado do Instituto de Defesa do Consumidor (Idec). “Se não for demonstrado o interesse coletivo, fica parecendo que as regras vão ser mudadas para favorecer os interesses dos acionistas.”

Moncau apontou que os benefícios da formação da BrOi são difíceis de demonstrar, mas que os problemas são identificados mais facilmente. A compra tira do mercado um concorrente potencial. Além disso, está sendo discutido permitir a fusão da Vivo e da TIM, em que a Telefônica tem participação, como compensação. “É consolidação em cima de consolidação”, disse Moncau.