Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

15/07/2016 às 19:10

O golpe contra a EBC

Escrito por: Tatiana Carlotti
Fonte: Carta Maior

Os golpistas querem naturalizar que só pode haver uma comunicação, aquela que obedece aos interesses econômicos dos grupos privados.
 
O desmonte da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) pelo atual governo interino – e ilegítimo – de Michel Temer foi tema de um debate promovido pelo Centro de Mídia Alternativa Barão de Itararé, na última segunda-feira (11.07). 
 
Participaram do debate Franklin Martins, ex-ministro da SECOM; Tereza Cruvinel, ex-presidente da EBC; e o professor Laurindo Lalo Leal Filho, primeiro ouvidor da EBC e apresentador do programa Ver TV. 
 
“Todo governo autoritário começa calando a divergência”, afirmou Tereza Cruvinel, iniciando o debate, ao contar a intervenção do governo golpista na empresa. Assim que soube da exoneração de Ricardo Melo, presidente da EBC, no dia 17 de maio, ela escreveu uma Carta Aberta destinada a Michel Temer (confira a íntegra), denunciando a ilegalidade da medida. 
 
“Essa carta saiu junto da decisão do “interventor” Laerte [Rimoli], que “fez uma ocupação na EBC”, tirando do ar comentaristas como Luis Nassif, Paulo Moreira Leite, Sidney Resende, a própria Tereza, entre outros. “Ao suspender os nossos contratos o que ele fez foi censura”, frisou.