Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

21/07/2017 às 20:13

Oi descarta usar os R$ 8 bi da capitalização para pagar credores

Escrito por: Ana Paula Lobo
Fonte: Convergência Digital

A Oi não acredita que irá conseguir a capitalização em uma única etapa dos R$ 8 bilhões, autorizados em reunião de diretoria, para investimentos em rede, admitiu o presidente da operadora, Marco  Schroeder. O executivo acredita que, numa primeira etapa, serão conseguidos R$ 3 bilhões tão logo aconteça a aprovação do plano, com mais duas parcelas de R$ 2,5 bilhões.
 
De acordo com o presidente da Oi, que participou nesta sexta-feira, 21/07, do Workshop de Telecomunicações -20 anos da LGT, na FIESP, na capital paulista, dois grandes grupos estão interessados no aumento de capital, o Moelis, ligado ao empresário Nagib Sawiris; e o fundo de equity G5/Evercore. "Falamos tanto com esses grupos como com outros bondholders, a conversa com todos acontece todo dia, quem for à Oi vai encontrar bondholder na porta", garantiu. 
 
O grupo de Nelson Tanure também tem sinalizado que apoiaria um aumento de capital, mas busca uma diluição pequena no processo de reestruturação da dívida. Schroeder repetiu que a finalidade da capitalização é o investimento em infraestrutura e não para pagamento de credores."Se investirmos, vamos faturar mais e os credores terão mais segurança para receber", atestou.
 
Schroeder diz que tudo está sendo feito para que a assembleia de credores - quee definirá o plano de Recuperação Judicial - aconteça, de fato, em setembro, como o programado. A convocação deverá acontecer ao longo do mês de agosto. A realização da Assembleia pontua, inclusive, os planos do governo com relação à Oi, uma vez que qualquer possibilidade de intervenção só acontecerá, conforme o Ministro Gilberto Kassab, após a realização da mesma. "Essa reunião decide o destino da Oi", completou.