Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

20/08/2014 às 06:01

Pesquisadores encontram 'código secreto' em textos lorem ipsum

Escrito por: Redação
Fonte: O Globo Online

Tradução no Google Translate retornava termos como China, Otan e Internet

RIO - O lorem ipsum é um texto bastante conhecido dos profissionais de design e editoração. Com termos aleatórios em latim, ele é utilizado praticamente no mundo inteiro para preencher espaços em publicações antes da inserção do conteúdo real, sendo possível verificar aspectos gráficos, como layout e tipografia, do produto final. Por ser padrão, ele passa despercebido, mas em suas linhas pode carregar mensagens secretas. Pesquisadores em segurança digital descobriram que, ao serem jogadas no Google Translate, essas palavras retornavam termos como China, Otan e internet.

A descoberta foi descrita por Brian Krebs, conhecido repórter de tecnologia, em seu blog sobre segurança digital. Ele conta que o "código secreto" foi percebido há alguns meses por Michael Shoukry, consultor da FireEye, e outro pesquisador, identificado apenas como Kraeh3n.

"Eles perceberam um padrão bizarro no Google Translate: quando digitavam "lorem ipsum", o resultado (com o sistema detectando automaticamente o latim) era uma única palavra: China", afirmou Krebs.

-

O mistério aumentou quando os pesquisadores começaram a misturar os termos e colocar a primeira letra em caixa alta. "Lorem ipsum" era traduzido para "NATO", acrônimo em inglês para Organização do Tratado do Atlântico Norte. Para "ipsum lorem" a tradução era "the Internet" e para "Ipsum Lorem", "The Company", código conhecido para a CIA, Agência Central de Inteligência americana.

Kraeh3n disse que descobriu o estranho comportamento enquanto trabalhava com um documento para um colega que, por acaso, tinha partes com o lorem ipsum.

"Eu vi palavras como Internet, China, governo, polícia e liberdade e fiquei curiosa em como isso estava acontecendo. Imediatamente contatei Michael Shoukry e começamos a pesquisar mais atentamente", disse Kraeh3n.

"Os pesquisadores pensaram: o que está acontecendo? Será que alguém de fora do Google descobriu como mapear certas palavras para diferentes significados no Google Translate? Seria um canal secreto de comunicação? Talvez uma forma de comunicação criada para ultrapassar a censura montada pelo governo chinês? Ou apenas uma coincidência?", questionou Krebs.

Para Shoukry, a tradução incorreta no Google Translate é fato comum e corriqueiro, mas o que intriga é como a mistura desses termos dava como resposta palavras como China e NATO. No início do mês, ele alertou o Google sobre o fato e, rapidamente, a falha foi consertada.

O lorem ipsum é conhecido pelas duas primeiras palavras, mas possui passagens completas de uma obra clássica da literatura latina, "de Finibus Bonorum et Malorum", escrita por Cícero em 45 A.C. Incluindo outros termos no Google Translate, o mistério aumentava ainda mais. A junção dos termos "consectetur Sit Sit Dolor", por exemplo, era traduzido para "Rússia Deve Estar Sofrendo".

-

Krebs argumenta que, por ser uma língua considerada morta, são poucos os textos em latim na internet, o que pode gerar erros na tradução. Contudo, ele questiona a inclusão de referências específicas como China, Internet, NATO, entre outras.

"De qualquer forma, talvez nunca tenhamos uma explicação real. Pouco antes da meia-noite do dia 16 de agosto, o Google Translate abruptamente parou de traduzir a palavra lorem para outros temos além de lorem", disse Krebs.

Mas para Shoukry, é difícil acreditar em uma coincidência:

"A habilidade de esconder algo à vista de todos tem sido usada há muitos anos. No entanto, este caso é excepcionalmente brilhante, porque esses modelos são usados de forma tão ampla que as pessoas estão insensíveis a eles".