Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

17/04/2008 às 08:35

Portugal Telecom defende mudança no setor de telefonia

Escrito por: Nilson Brandão Junior
Fonte: Exame

O presidente da Portugal Telecom (PT) Brasil, Shakaf Wine, defendeu hoje mudanças mais amplas na legislação do setor, além da alteração no Plano Geral de Outorgas (PGO) que deverá permitir a compra da Brasil Telecom (BrT) pela Oi (ex-Telemar). No Brasil, a Portugal Telecom divide com a Telefónica o controle da operadora de telefonia móvel Vivo.

A avaliação foi feita durante participação no Fórum Portugal 2008, promovido pela Fundação Luso-brasileira e a Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan). "Contamos com consultas públicas produtivas e mudanças, não só no Plano Geral de Outorgas, que atualmente impede a consolidação entre as concessionárias de telefonia fixa, mas também para as celulares", disse, durante o discurso.

O executivo enumerou as seguintes alterações: facilitação da transmissão de conteúdos por todos os meios; eliminação do que chamou de anomalias, como a obrigação de escolha de operadora de longa distância no celular; maior compartilhamento de redes; metas de cobertura que trabalham reais benefícios e deixar o mercado definir a tecnologia adequada (segunda ou terceiras gerações). Ele também pregou a agilização dos processos regulatórios e citou que a Vivo anunciou a compra da Telemig e Amazônia Celular em agosto do ano passado, mas o negócio só foi aprovado apenas em março deste ano.

Wine disse também que estas mudanças podem ajudar na manutenção da "vitalidade e do crescimento" do setor. Ele apresentou dados que mostra que o Brasil apresentou a pior margem entre 53 países pesquisados por um levantamento da Wireless Matrix da Merrill Lynch, de 23%. Metade dos países tinha taxas acima de 40%.