Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

16/12/2013 às 19:22

Prêmio Biblioteca Nacional

Escrito por: Redação
Fonte: Ministério da Cultura

O anúncio dos vencedores do Prêmio Literário Fundação Biblioteca Nacional 2013 foi feito nesta sexta-feira (13/12). Os vencedores vão levar R$ 12,5 mil reais para casa.Na categoria romance, o vencedor foi "OpsianieSwiata" (Cosac Naify), de Verônica Stigger. Já na categoria poesia, Armando Freitas levou a melhor e venceu com o seu "Dever" (Companhia das Letras), e Cintia Moscovich foi a premiada na categoria contos com "Essa coisa brilhante que é a chuva" (Record). O livro havia sido publicado em 2012 e reúne escritas consideradas "claricianos" pela crítica. Emocionada, Cintia não esperava pela premiação: "Não podia está mais feliz. Isso é pra mim pessoalmente é uma afirmação de que estou indo no caminho certo e que eu tenho que continuar a escrever que é a grande dúvida do autor."

A escritora gaúcha tem mesmo o que comemorar: Afinal, ela conquistou também o 11° Prêmio Portugal Telecom de Literatura no início do mês: "Um prêmio desses é um carimbo no passaporte de escritor", ressaltou a escritora.

O vencedor da categoria infantil também não conseguia esconder a emoção. O escritor, jornalista e tradutor, Leo Cunha, além do Prêmio BN, já recebeu os principais prêmios brasileiros voltados para a literatura infantil como Jabuti, João de Barro e Prêmio Nestlé. Leo Cunha, que tem mais de 50 publicações do gênero, aposta na poesia para criança: "Claro que é um incentivo pra continuar investindo na poesia pra criança que é um gênero menos explorado que a prosa", e fez questão de agradecer a iniciativa da FBN: "Agradeço aos jurados e a própria FBN por valorizarem a poesia pra criança".

O Prêmio Aloísio Magalhães ficou para a escritora Flávia Castanheira com "Contos maravilhosos infantis e domésticos" que não escondeu o entusiasmo: "Fiquei super feliz, me sinto muito honrada. Atualmente é o premio mais importante de design gráfico no Brasil."

Com o objetivo de estimular a pesquisa e a criação literária no país, os prêmios Literários da Fundação Biblioteca Nacional (FBN/MinC) fazem parte do calendário de eventos da Biblioteca Nacional. As categorias são nomeadas em homenagem a intelectuais destacados na cultura brasileira. Os vencedores de cada uma delas recebem como prêmio um certificado e R$ 12,5 mil (doze mil e quinhentos reais). 

Nesta edição, foram mais de 700 inscrições nas nove categorias. Concorreram obras inéditas publicadas no Brasil entre 1º de setembro de 2012 e 31 de agosto de 2013.

A premiação foi instituída em 1995. Exceção apenas da categoria Literatura Infantil e Juvenil que criada em 2007 por ocasião da comemoração dos quinze anos do Programa Nacional de Incentivo à Leitura, o Proler.

A FBN informa que a cerimônia de entrega do prêmio deve ocorrer em 2014, mas ainda não há data definida. Para a vencedora da categoria Tradução, Denise Bottmann, a premiação é um estímulo: "As premiações motivam ainda mais a gente a persistir nesse caminho". Mesmo recebendo o título pela segunda vez, o escritor Armando Freitas diz que a premiação continua sendo um termômetro do seu trabalho :" O prêmio é a melhor resposta que pode ter pra um autor. Eu tenho vários livros, esse é o meu segundo prêmio, sou bicampeão e já fui jurado desse prêmio 2 vezes e isso tudo faz com que eu me sinta muito privilegiado".

Abaixo, a lista completa de todos os premiados. Os vencedores, prêmios e comissão julgadora são:

1.  Prêmio Alphonsus de Guimaraens (Poesia)

 Vencedor: Armando Freitas Filho, com Dever (Companhia das Letras).

 Comissão julgadora: Celina Portocarrero, Afonso Henriques de Guimarães Neto e Alberto da Costa e Silva.

2.  Prêmio Aloísio Magalhães (Projeto Gráfico)

 Vencedora: Flávia Castanheira, com Contos Maravilhosos Infantis e Domésticos (Cosac Naify).

 Comissão julgadora: Ana CamaraSoter da Silveira, Sérgio Liuzzi Guimarães e Victor Alexis Burton.

3.  Prêmio Sérgio Buarque de Holanda (Ensaio Social)

 Vencedor: Joel Birman, com O Sujeito na Contemporaneidade(Civilização Brasileira).

 Comissão julgadora: Ricardo Augusto Benzaquen de Araújo, Dulce Chaves Pandolfi e Maria Alice Rezende de Carvalho.

4.  Prêmio Mario de Andrade (Ensaio Literário)

Vencedor: Paulo Henriques Brito, com A Tradução Literária (CivilizaçãoBrasileira).

 Comissão julgadora: Maria Flora Sussekind, José Almino de Alencar e Silva Neto e Luiz de França Costa Lima Filho.

5.  Prêmio Paulo Rónai (Tradução)

 Vencedora: Denise Bottmann, por Mrs.Dalloway (L&PM).

 Comissão julgadora: Berilo Vilaça Vargas, Leonardo Fróes da Silva e Tomaz Adour da Camara.

6.  Prêmio Machado de Assis (Romance)

Vencedora: Verônica Stigger, com OpsianieSwiata (Cosac Naify)

Comissão julgadora: Sérgio Ferreira Rodrigues Pereira, Marcelo Francisco Batista Moutinho e Tatiana Oliveira Siciliano.

7.  Prêmio Clarice Lispector (Conto)

Vencedora: Cintia Moscovich, com Essa Coisa Brilhante Que é a Chuva (Record).

Comissão julgadora: Jorge Antonio Marques, Luísa Chaves de Melo e André Luis Mansur Baptista

8.  Prêmio Sylvia Orthof (Literatura Infantil)

Vencedor: Leo Cunha, com Haicais Para Pais e Filhos (Record).

Comissão julgadora: Elizabeth D"Angelo Serra, Ana Maria Martins Machado e Laura Constância Austregésilo Athayde Sandroni.

9.  Prêmio Glória Pondé (Literatura Juvenil)

 Vencedor: Marcos Bagno, com Marcéu (Positivo).

 Comissão julgadora: RonaHanning, Marisa de Almeida Borba e Ninfa de Freitas Parreira.

Mais informação sobre o Prêmio Biblioteca Nacional pelo site: www.bn.br

Texto: Bruno Amorim/Ascom

Edição: Ascom/MinC