Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

05/06/2018 às 20:52

Presidente ucraniano rebate críticas sobre simulação de assassinato de jornalista russo

Escrito por: Redação
Fonte: Portal Imprensa

O presidente ucraniano, Petro Poroshenko, defendeu, em uma entrevista ao jornal espanhol El País,  a simulação do assassinato do jornalista russo Arkadi Babchenko, na semana passada. As declarações foram amplamente divulgadas na mídia internacional.
 
“Seria melhor se o serviço secreto russo matasse o jornalista?”, rebateu Porochenko ao ser questionado sobre a encenação que, segundo Kiev, permitiu frustrar uma tentativa de assassinato real contra o jornalista, um grande crítico de Vladimir Putin.
 
Poroshenko disse ao periódico espanhol que se o país quer proteger a liberdade de imprensa e os jornalistas, será necessário utilizar este tipo de técnica.
 
"O serviço secreto ucraniano prendeu o culpado e em breve demonstrará de onde recebeu o dinheiro, as ordens, as listas de jornalistas a matar", declarou Poroshenko ao "El País".
 
De acordo com as autoridades ucranianas, o detido tinha uma suposta lista de 30 pessoas para assassinar na Ucrânia e em outros países da União Europeia.
 
Poroshenko afirmou que não informou pessoalmente os outros governos, mas que os "serviços especiais neste nível cooperam entre si".