Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

19/11/2015 às 14:07

Refém do EI, jornalista diz que grupo está disposto a aceitar trégua com o Ocidente

Escrito por: Redação
Fonte: Portal Imprensa

Jornalista diz que Ocidente deve pensar em trégua com o Estado Islâmico

O jornalista britânico John Cantlie, refém do grupo radical Estado Islâmico (EI) desde novembro de 2012, informou que "uma trégua com as nações ocidentais é sempre uma opção na Sharia [lei radical islâmica]". 
 
Segundo o Mirror Online, a informação foi publicada na última edição da revista dos jihadistas, a Dabiq. O repórter destaca que o Estado Islâmico está disposto a fazer um acordo de paz com o Ocidente e seus aliados.
 
No texto, intitulado "Mudança de Paradigma - Parte 2", Cantile elogia a vida em meio ao califado e afirma que "tentativas fracassadas pela coalizão para tentar contê-lo já são velhas notícias". "Mas e a palavra negociação?", questiona ele. Em seguida, responde que é uma "notícia bombástica". 
 
O jornalista lembra que, recentemente, o presidente americano Barack Obama disse que não haveria negociações com o EI, fato que o fez perder seus companheiros James Foley, Steven Sotloff, David Haines Alan Henning, todos decapitados. "Eles realmente devem pensar antes de jogar fora essa chance", completou.
 
Natural de Surrey, na Inglaterra, Cantlie trabalhou para vários meios de comunicação britânicos, entre eles os dominicais The Sunday Telegraph e The Sunday Times. O EI não executou o inglês porque, de acordo com eles, o repórter se converteu ao islamismo pregado pelos extremistas.