Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

11/11/2015 às 13:20

Relatório da União Europeia critica a situação de jornalistas na Turquia

Escrito por: Redação
Fonte: Portal Imprensa

Relatório mostra déficit na liberdade de imprensa na Turquia

Um relatório publicado pela União Europeia criticou a "falsa" liberdade de expressão e a situação de desamparo vivida por jornalistas que se opõe ao governo da Turquia e ao presidente do país, Recep Tayyip Erdogan. 
 
De acordo com a AFP, o relatório enfatiza, entre outras coisas, a recaída do governo turco no tratamento à liberdade de expressão. O documento ainda faz menção à sequência de atos violentos contra jornalistas. O mais recente foi a tomada do grupo da oposição Koza Ipek Holding pelas autoridades do país. 
 
"Depois de vários anos de progresso a respeito da liberdade de expressão foram constatadas sérias recaídas nos últimos dois anos. Os novos processos abertos contra jornalistas, escritores ou usuários das redes sociais, a intimidação dos jornalistas e dos meios de comunicação, assim como as ações das autoridades que limitam a liberdade de imprensa são de considerável preocupação", diz trecho do relatório. 
 
Além da imprensa, o texto também ressaltou temas como a falta de segurança no país – citando, inclusive, o atentado do último dia 10 de outubro que deixou 95 mortos – e a resolução do tema curdo. O documento ainda pede uma movimentação do governo turco na ajuda humanitária aos refugiados da Síria e do Iraque.